O Clube Semanal de Cultura Artística informa que, a partir de quinta-feira, volta a funcionar das 6h até às 21h. A prefeitura de Campinas vai ampliar em duas horas o horário de funcionamento de comércios e serviços a partir de 01 de julho. Com isso, estabelecimentos como bares, restaurantes, academias e clubes sociais poderão funcionar até as 21 horas, diariamente.

Os protocolos determinados pelo município continuam os mesmos, com a obrigatoriedades da manutenção de distanciamento entre as pessoas, uso de máscaras, fornecimento de álcool gel para a higienização e capacidade máxima de 40% dos estabelecimentos comerciais.

Assim sendo, o toque de recolher será reduzido, passando a vigorar a partir das 21 horas até as 05 horas. A medida foi tomada por causa da situação epidemiológica da cidade, com queda de atendimento de casos de covid e síndromes gripais.

A administração também determinou o fim das barreiras sanitárias, geralmente instaladas nos acessos à cidade pelas rodovias. O efetivo dessa fiscalização será deslocado para atuar na Operação Aglomeração Zero, que circula por todas as regiões da cidade, atendendo às denúncias da população e visitando estabelecimentos comerciais.

O governo do estado anunciou que a fase de transição do Plano São Paulo de retomada econômica foi prorrogada do dia 14 para o dia 30 de junho. Os critérios atuais adotados para o funcionamento do comércio e serviços estão mantidos.

Os estabelecimentos permanecem com o funcionamento entre 6h e 21h, com capacidade de até 40%. O toque de recolher fica mantido das 21h até as 5h.

O que pode funcionar:

Comércios (galerias, shoppings e congêneres); atividades religiosas; restaurantes e similares; salões de beleza, clínicas de estética e barbearias; atividades culturais; clubes sociais; academias e centros de ginástica; cursos não-regulamentados; áreas comuns de condomínios e hotéis.

A direção do Clube Semanal de Cultura Artística lembra que o horário autorizado de funcionamento é até 21h, com o fim de todas as atividades a partir deste horário. A determinação parte das autoridades sanitárias e visa coibir a proliferação do novo Coronavírus.

Vale destacar que o Toque de Recolher está vigente das 21h às 5h.

Contamos com a compreensão dos associados e não-sócios para que possamos cumprir as regras estipuladas pelos governos municipal e estadual.

Campinas permanecerá na Fase de Transição do Plano São Paulo até o dia 31 de maio. A medida vale para todo o Estado. O anúncio foi feito pelo governador João Dória nesta quarta-feira, 19 de maio.

A única mudança das medidas desta fase atual será a capacidade dos estabelecimentos, que passa de 30% para 40% a partir do dia 24 de maio, nesta segunda-feira. Dessa forma, o Clube Semanal de Cultura Artística e seus serviços estão autorizados a ampliar o atendimento.

O decreto municipal foi publicado nesta sexta-feira, 21 de maio, no Diário Oficial (www.campinas.sp.gov.br/diario-oficial/).

Com o anúncio, de 24 a 31 de maio, os estabelecimentos permanecem com o funcionamento entre 6h e 21h. O toque de recolher fica mantido das 21h até as 5h.

O que pode funcionar:

Comércios (galerias, shoppings e congêneres); atividades religiosas; restaurantes e similares; salões de beleza, clínicas de estética e barbearias; atividades culturais; clubes sociais; academias e centros de ginástica; cursos não-regulamentados; áreas comuns de condomínios e hotéis.