A prefeitura de Campinas liberou a prática de esportes coletivos a partir desta quarta-feira, 11 de agosto, conforme decreto publicado no Diário Oficial do Município, desde que respeitadas as regras sanitárias de combate à disseminação da Covid-19.

A medida vale para aulas e práticas esportivas coletivas em clubes, praças de esportes, escolinhas e parques, por exemplo.

De acordo com a prefeitura, os esportistas devem seguir as medidas de proteção coletiva e individual como usar máscaras e fazer a troca quando estiverem úmidas; não participar das atividades se estiverem com sintomas respiratórios ou que tenham tido contato com pessoas sintomáticas.

As práticas esportivas não devem ter público ou torcida e os protocolos sanitários e de higiene devem ser seguidos como uso de álcool gel e sem aglomeração.

As medidas valem até o dia 16 de agosto. A partir do dia 17 haverá alteração no Plano São Paulo, do governo do Estado, quando serão publicadas novas regras.

O Clube Semanal de Cultura Artística informa que, a partir de quinta-feira, volta a funcionar das 6h até às 21h. A prefeitura de Campinas vai ampliar em duas horas o horário de funcionamento de comércios e serviços a partir de 01 de julho. Com isso, estabelecimentos como bares, restaurantes, academias e clubes sociais poderão funcionar até as 21 horas, diariamente.

Os protocolos determinados pelo município continuam os mesmos, com a obrigatoriedades da manutenção de distanciamento entre as pessoas, uso de máscaras, fornecimento de álcool gel para a higienização e capacidade máxima de 40% dos estabelecimentos comerciais.

Assim sendo, o toque de recolher será reduzido, passando a vigorar a partir das 21 horas até as 05 horas. A medida foi tomada por causa da situação epidemiológica da cidade, com queda de atendimento de casos de covid e síndromes gripais.

A administração também determinou o fim das barreiras sanitárias, geralmente instaladas nos acessos à cidade pelas rodovias. O efetivo dessa fiscalização será deslocado para atuar na Operação Aglomeração Zero, que circula por todas as regiões da cidade, atendendo às denúncias da população e visitando estabelecimentos comerciais.

O Clube Semanal de Cultura Artística vai seguir as determinações da prefeitura de Campinas e passa encerrar as atividades às 19h, a partir desta segunda-feira (21/06). A administração municipal aumentou as restrições de combate à pandemia para comércio e serviços.

O decreto municipal terá validade a partir de segunda-feira até 30 de junho e, com isso, bares, restaurantes, comércio em geral, shoppings, academias, clubes sociais e demais serviços não poderão funcionar após este período determinado pelo poder público.

Dessa forma, o horário de funcionamento da Sede de Campo de Clube Semanal de Cultura Artística se adequa ao decreto municipal com o obrigatório fechamento às 19h.

O toque de recolher também será ampliado, com validade no período entre 19h01 e 04h59, diariamente. No período noturno, o consumo de bebidas alcoólicas será proibido em postos de combustíveis e em qualquer via pública da cidade.

O Clube Semanal de Cultura Artística conta com a compreensão dos associados e não-sócios, e já orienta todos os serviços e parceiros sobre as novas que vão estar em vigor.

O agendamento da vacina contra a Covid-19 para pessoas com 55 anos ou mais, e sem comorbidades, está aberto, em Campinas. Os interessados podem se cadastrar através do site da Prefeitura.

No dia agendado é preciso que o morador leve até o posto de imunização um documento de identidade com foto, comprovante de endereço e também do agendamento da vacina.

Para fazer o agendamento da vacinação contra a Covid-19 acesse o site vacina.campinas.sp.gov.br.

O governo do estado anunciou que a fase de transição do Plano São Paulo de retomada econômica foi prorrogada do dia 14 para o dia 30 de junho. Os critérios atuais adotados para o funcionamento do comércio e serviços estão mantidos.

Os estabelecimentos permanecem com o funcionamento entre 6h e 21h, com capacidade de até 40%. O toque de recolher fica mantido das 21h até as 5h.

O que pode funcionar:

Comércios (galerias, shoppings e congêneres); atividades religiosas; restaurantes e similares; salões de beleza, clínicas de estética e barbearias; atividades culturais; clubes sociais; academias e centros de ginástica; cursos não-regulamentados; áreas comuns de condomínios e hotéis.

Foto: Divulgação/Prefeitura de Campinas

A Secretaria de Saúde de Campinas abriu nesta segunda-feira, o agendamento para grávidas e puérperas tomarem a vacina contra a covid-19. Também foi aberto o agendamento para pessoas com comorbidade com mais de 18 anos. O agendamento é feito pelo site www.vacina.campinas.sp.gov.br.

A previsão é vacinar 14 mil grávidas e mulheres que acabaram de ter filhos. Elas receberão doses da vacina Pfizer, que chegaram a Campinas na última sexta-feira.

A pasta da saúde também informou, nesta segunda-feira, que vai realizar no próximo sábado, o terceiro Dia D de vacinação contra a covid-19. Serão 64 centros de saúde abertos das 9h às 17h para vacinar as pessoas dos grupos prioritários. A expectativa é vacinar 26.880 pessoas nos centros de saúde.

Nas duas primeiras edições, realizadas em 22 de maio e 4 de junho, cerca de 46 mil moradores de Campinas foram vacinados contra a doença.

No próximo sábado, a ação ocorrerá nos centros de saúde, com exceção das unidades do Campina Grande, Carlos Gomes e Boa Esperança. As unidades farão exclusivamente a vacinação. Os demais atendimentos de rotina não acontecerão nesta data.

A direção do Clube Semanal de Cultura Artística lembra que o horário autorizado de funcionamento é até 21h, com o fim de todas as atividades a partir deste horário. A determinação parte das autoridades sanitárias e visa coibir a proliferação do novo Coronavírus.

Vale destacar que o Toque de Recolher está vigente das 21h às 5h.

Contamos com a compreensão dos associados e não-sócios para que possamos cumprir as regras estipuladas pelos governos municipal e estadual.

Campinas permanecerá na Fase de Transição do Plano São Paulo até o dia 31 de maio. A medida vale para todo o Estado. O anúncio foi feito pelo governador João Dória nesta quarta-feira, 19 de maio.

A única mudança das medidas desta fase atual será a capacidade dos estabelecimentos, que passa de 30% para 40% a partir do dia 24 de maio, nesta segunda-feira. Dessa forma, o Clube Semanal de Cultura Artística e seus serviços estão autorizados a ampliar o atendimento.

O decreto municipal foi publicado nesta sexta-feira, 21 de maio, no Diário Oficial (www.campinas.sp.gov.br/diario-oficial/).

Com o anúncio, de 24 a 31 de maio, os estabelecimentos permanecem com o funcionamento entre 6h e 21h. O toque de recolher fica mantido das 21h até as 5h.

O que pode funcionar:

Comércios (galerias, shoppings e congêneres); atividades religiosas; restaurantes e similares; salões de beleza, clínicas de estética e barbearias; atividades culturais; clubes sociais; academias e centros de ginástica; cursos não-regulamentados; áreas comuns de condomínios e hotéis.

FOTO: Carlos Bassan/PMC-Divulgação

Campinas terá neste sábado, 22 de maio, o Dia D da Vacinação contra a Covid para pessoas acima de 45 anos com comorbidades. O anúncio foi feito nesta quarta-feira, dia 19 de maio, pelo prefeito Dário Saadi durante live pelas redes sociais.

As vacinas serão aplicadas em 60 dos 67 centros de saúde da cidade. O agendamento já começou no site https://vacina.campinas.sp.gov.br/vacinas/covid-19 ou pelo telefone 160. As doses serão aplicadas apenas nas pessoas agendadas.

O Dia D vai mobilizar 240 equipes de vacinação reunindo cerca de 900 profissionais nos centros de saúde. Serão disponibilizadas entre 330 e 340 vagas por centro de saúde, num total de 20.160 horários disponíveis entre 9h e 17h deste sábado.

Das 67 unidades de saúde, sete não estarão no Dia D: Boa Esperança, Carlos Gomes, Campina Grande, Valença, Florence, Itajaí e Lisa.

No dia da imunização, as pessoas devem apresentar o comprovante emitido no final do agendamento, documento com foto, comprovante de endereço e documento médico atestando que possui uma das comorbidades prioritárias para a vacinação.

Essa comprovação pode ser feita com a apresentação de receituário médico, exame que possa comprovar a condição clínica, relatório médico. A confirmação de existência de comorbidades pode ser feita também por meio de um formulário que pessoas que se enquadram no grupo prioritário, ou seus médicos, possam baixar pela internet.

– Clique AQUI para baixar o formulário

O médico assinalará a comorbidade e, no final, irá datar, assinar e carimbar. O carimbo precisa ter o nome do profissional e o número do registro do CRM. No dia agendado, quem faz parte desse grupo prioritário deve levar o formulário ao centro de imunização no qual marcou para tomar a vacina.

A Fase de Transição foi prorrogada até o dia 23 de maio, porém as autoridades sanitárias anunciaram novas flexibilizações e, dessa forma, o Clube Semanal de Cultura Artística aumenta para 30% a capacidade e horário de funcionamento passa a ser das 6h às 21h.

O Clube segue com o funcionamento de todas as suas atividades, como academia, restaurantes/lanchonetes, quadras, salão de beleza e aulas de esportes.

O associado poderá usar sem restrições o parque aquático e quiosques, com os devidos protocolos sanitários impostos pela pandemia.

O Clube Semanal de Cultura Artística reforça aos associados o uso obrigatório de máscaras em todas as áreas (inclusive durante a prática esportiva), o distanciamento social e a higienização contínua.

Outras informações podem ser obtidas pelo telefone (19) 3758-5800.