O Clube Semanal de Cultura Artística vai seguir as determinações da prefeitura de Campinas e passa encerrar as atividades às 19h, a partir desta segunda-feira (21/06). A administração municipal aumentou as restrições de combate à pandemia para comércio e serviços.

O decreto municipal terá validade a partir de segunda-feira até 30 de junho e, com isso, bares, restaurantes, comércio em geral, shoppings, academias, clubes sociais e demais serviços não poderão funcionar após este período determinado pelo poder público.

Dessa forma, o horário de funcionamento da Sede de Campo de Clube Semanal de Cultura Artística se adequa ao decreto municipal com o obrigatório fechamento às 19h.

O toque de recolher também será ampliado, com validade no período entre 19h01 e 04h59, diariamente. No período noturno, o consumo de bebidas alcoólicas será proibido em postos de combustíveis e em qualquer via pública da cidade.

O Clube Semanal de Cultura Artística conta com a compreensão dos associados e não-sócios, e já orienta todos os serviços e parceiros sobre as novas que vão estar em vigor.

O Clube Semanal de Cultura Artística tem o orgulho de anunciar a parceria para a revitalização do prédio da Sede Social, na região Central. 

Como parte das comemorações dos 164 anos do mais antigo clube do Brasil, a tradicional estrutura no coração da cidade será reformada preservando toda a sua linha arquitetônica e vai se tornar um moderno shopping.

O Boulevard Masserani terá lojas e atrativos culturais, como um Piano Bar e um teatro para espetáculos, além de lojas de vários segmentos.

A W. Holding será a empresa responsável pelo empreendimento que irá transformar o antigo prédio do Clube Cultura no centro de Campinas.

O projeto foi concebido para inauguração em duas etapas: “Avenida Carlos Gomes (antiga galeria) e Theatro (antiga boate)”, com abertura prevista para dezembro de 2021, e “Espaço Clube Cultural”, além de mais 80 espaços locáveis, para abril de 2022.

O Boulevard Masserani vem agregar e resgatar um dos mais belos espaços de Campinas.

Sede Social do Cultura

A Sede Social do Clube Semanal de Cultura Artística foi inaugurada em 12 de novembro de 1959, na Rua Irmã Serafina, bem em frente às palmeiras imperiais no Jardim Carlos Gomes. No local, muitos anos antes, existira o Cine Theatro Colyseu. O prédio da Irmã Serafina foi o quarto a abrigar a Sede Social do Cultura.

Clube Semanal de Cultura Artística

O Clube Semanal de Cultura Artística foi fundado em 16 de julho de 1857, sendo o mais antigo clube social e  esportivo do país. Atualmente, o Clube tem como base a Sede Campo, no Distrito de Sousas, que conta com 138 mil m² de área de lazer e espaço de muito verde. No local se destacam o parque aquático, com conjunto de piscinas, sendo uma olímpica com plataforma e poço para saltos ornamentais, 9 quadras de tênis, 4 campos de futebol e moderníssima academia. Além disso, o Clube conta com amplo ginásio poliesportivo para basquete, vôlei, futsal e outros esportes, as salas para judô, kung fu, taekwondo, Zumba, ballet, jazz, Studio de Pilates e outras modalidades, ginásio de bocha, sinuca e sala de jogos, 8 quadras de beach tennis, 5 bares e lanchonetes, além de moderno restaurante prestes a ser reinaugurado.

 

O agendamento da vacina contra a Covid-19 para pessoas com 55 anos ou mais, e sem comorbidades, está aberto, em Campinas. Os interessados podem se cadastrar através do site da Prefeitura.

No dia agendado é preciso que o morador leve até o posto de imunização um documento de identidade com foto, comprovante de endereço e também do agendamento da vacina.

Para fazer o agendamento da vacinação contra a Covid-19 acesse o site vacina.campinas.sp.gov.br.

O governo do estado anunciou que a fase de transição do Plano São Paulo de retomada econômica foi prorrogada do dia 14 para o dia 30 de junho. Os critérios atuais adotados para o funcionamento do comércio e serviços estão mantidos.

Os estabelecimentos permanecem com o funcionamento entre 6h e 21h, com capacidade de até 40%. O toque de recolher fica mantido das 21h até as 5h.

O que pode funcionar:

Comércios (galerias, shoppings e congêneres); atividades religiosas; restaurantes e similares; salões de beleza, clínicas de estética e barbearias; atividades culturais; clubes sociais; academias e centros de ginástica; cursos não-regulamentados; áreas comuns de condomínios e hotéis.

Foto: Divulgação/Prefeitura de Campinas

A Secretaria de Saúde de Campinas abriu nesta segunda-feira, o agendamento para grávidas e puérperas tomarem a vacina contra a covid-19. Também foi aberto o agendamento para pessoas com comorbidade com mais de 18 anos. O agendamento é feito pelo site www.vacina.campinas.sp.gov.br.

A previsão é vacinar 14 mil grávidas e mulheres que acabaram de ter filhos. Elas receberão doses da vacina Pfizer, que chegaram a Campinas na última sexta-feira.

A pasta da saúde também informou, nesta segunda-feira, que vai realizar no próximo sábado, o terceiro Dia D de vacinação contra a covid-19. Serão 64 centros de saúde abertos das 9h às 17h para vacinar as pessoas dos grupos prioritários. A expectativa é vacinar 26.880 pessoas nos centros de saúde.

Nas duas primeiras edições, realizadas em 22 de maio e 4 de junho, cerca de 46 mil moradores de Campinas foram vacinados contra a doença.

No próximo sábado, a ação ocorrerá nos centros de saúde, com exceção das unidades do Campina Grande, Carlos Gomes e Boa Esperança. As unidades farão exclusivamente a vacinação. Os demais atendimentos de rotina não acontecerão nesta data.

A direção do Clube Semanal de Cultura Artística lembra que o horário autorizado de funcionamento é até 21h, com o fim de todas as atividades a partir deste horário. A determinação parte das autoridades sanitárias e visa coibir a proliferação do novo Coronavírus.

Vale destacar que o Toque de Recolher está vigente das 21h às 5h.

Contamos com a compreensão dos associados e não-sócios para que possamos cumprir as regras estipuladas pelos governos municipal e estadual.

O Clube Semanal de Cultura Artística finalizou os trabalhos de reforma dos quiosques 21 e 22, que passaram por uma ampla reformulação. 

A obra de melhoria visa dar mais conforto ao associado com a reestruturação do passeio, uma nova mesa de alvenaria e a pintura dos quiosques.

A equipe de manutenção do Cultura foi célere e entregou aos sócios as unidades renovadas para confraternizações futuras.

Foto: Divulgação/Carlos Bassan-PMC

O Clube Semanal de Cultura Artística alerta para a necessidade de os grupos prioritários procurarem os postos de vacinação para prevenção de quadros respiratórios graves. Balanço da Secretaria de Saúde de Campinas aponta que 107.376 pessoas foram imunizadas contra a gripe, desde o início da campanha de vacinação, em 12 de abril. A vacina é em dose única e protege contra os vírus H1N1, H3N2 e Influenza B.

A imunização também colabora no diagnóstico diferenciado da Covid-19 e tem reflexo na redução da sobrecarga no sistema de saúde, já impactado pela pandemia do novo coronavírus.

Até a última sexta-feira, 20 de maio, 1.916 puérperas tinham sido vacinadas, o que corresponde a 59,3% de cobertura vacinal, além de 38.245 crianças com idade a partir de 6 meses até cinco anos completos. Nesse grupo, a cobertura vacinal está em 48%.

Entre as gestantes, a cobertura vacinal está em 47,1%, com 5.147 imunizadas, e entre trabalhadores da saúde, a cobertura é de 42,6%, com 5.147 vacinados. O levantamento mostra que 38.407 idosos com 60 anos ou mais receberam a vacina (cobertura de 18,7%) e 2.149 professores (16,1% do público-alvo).

A Secretaria de Saúde alerta que as pessoas devem priorizar a imunização contra a Covid-19, aguardar 14 dias, para só depois se vacinar contra a gripe.

Atualmente na segunda fase, alcançando idosos com 60 anos ou mais e professores, a campanha de vacinação contra a gripe continua aberta ao público-alvo da primeira etapa que ainda não foi imunizado: trabalhadores da Saúde, indígenas, gestantes, puérperas (mulheres com até 45 dias após o parto) e crianças com idade a partir de 6 meses até cinco anos completos.

A terceira etapa terá início em 9 de junho e vai até 9 de julho alcançando pessoas com comorbidades e com deficiência (física, auditiva, visual, intelectual e mental ou múltipla); caminhoneiros, trabalhadores portuários e de transporte coletivo; profissionais das forças armadas, de segurança e salvamento e funcionários do sistema prisional; população privada de liberdade e jovens e adolescentes sob medidas socioeducativas.

Para encontrar o posto de vacinação mais próximo de casa, as pessoas devem acessar o endereço https://zoneamento.campinas.sp.gov.br/saude.php?nome_campanha=Campanha%20Influenza%202021 e informar a localização da residência. Aparecerá uma janela na tela, com informações dos centros mais próximos, horários de vacinação e se possuem ou não vacina. Não é necessário fazer agendamento.

O Clube Semanal de Cultura Artística segue com os trabalhos de reforma dos quiosques e as unidades 21 e 22 passam por uma ampla reformulação.

A obra de melhoria visa dar mais conforto ao associado com a reestruturação do passeio, uma nova mesa de alvenaria e a pintura dos quiosques.

A equipe de manutenção do Cultura avança com o trabalho e conta com a compreensão dos sócios, que terão quiosques renovados para confraternizações futuras.

Campinas permanecerá na Fase de Transição do Plano São Paulo até o dia 31 de maio. A medida vale para todo o Estado. O anúncio foi feito pelo governador João Dória nesta quarta-feira, 19 de maio.

A única mudança das medidas desta fase atual será a capacidade dos estabelecimentos, que passa de 30% para 40% a partir do dia 24 de maio, nesta segunda-feira. Dessa forma, o Clube Semanal de Cultura Artística e seus serviços estão autorizados a ampliar o atendimento.

O decreto municipal foi publicado nesta sexta-feira, 21 de maio, no Diário Oficial (www.campinas.sp.gov.br/diario-oficial/).

Com o anúncio, de 24 a 31 de maio, os estabelecimentos permanecem com o funcionamento entre 6h e 21h. O toque de recolher fica mantido das 21h até as 5h.

O que pode funcionar:

Comércios (galerias, shoppings e congêneres); atividades religiosas; restaurantes e similares; salões de beleza, clínicas de estética e barbearias; atividades culturais; clubes sociais; academias e centros de ginástica; cursos não-regulamentados; áreas comuns de condomínios e hotéis.